Como construir escadas interiores totalmente seguras?

Publicado em

escadas interiores

As escadas interiores são uma forma simples e elegante das pessoas se movimentarem de um piso para outro. O design e o formato da escada são parte de um todo, onde a segurança e o conforto desempenham um papel fundamental. Existem algumas normas para criar escadas interiores totalmente seguras. Aqui ficam algumas delas.

Regras para construir escadas interiores seguras

  • Consistência: as escadas de interiores têm de ser consistentes. Se tropeçar ou cair é porque algo na construção não correu como devia. O corpo humano vai ganhando ritmo à medida que sobe ou desce as escadas, e mesmo um centímetro de desnível pode ser suficiente para o desequilibrar.
  • Espelho de degrau: as escadas de interiores mais modernas já não trazem espelho de degrau. É claro que este elemento continua presente, mas em vez de um acrescento, é inserido um espaço vazio.
  • Altura do teto: a distância do piso mais elevado até ao teto deve ser, pelo menos, de 2 metros. Quando sobem, as pessoas podem bater com a cabeça se o teto estiver demasiado baixo. Por outro lado, quando descem, é difícil analisar a altura do teto corretamente, o que faz com que nem todos se consigam baixar a tempo quando estão muito próximos. Deixe o maior espaço possível, para evitar acidentes. Uma escada de interiores é um local perigoso para uma queda.
  • Estilo das escadas: as escadas de interiores têm várias peças, a maior parte delas feita de madeira. Uma das questões que mais vezes se coloca é saber se deve acrescentar uma cobertura de verniz ou pintá-las. As escadas interiores mais tradicionais são uma combinação de ambas.
  • Iluminação: uma boa iluminação é fundamental. Montar focos de luz nos degraus permite iluminar as escadas interiores perfeitamente, sem encadear o resto do espaço. Um bom corrimão também protege as escadas e torna-as menos escorregadias e perigosas, reduzindo o perigo de quedas.

Para saber mais sobre escadas interiores, contacte-nos.

Tags: , ,


Quem leu este artigo também leu

Sabia que a Marques e Pacheco há mais de 30 anos no mercado?
Sabia que a Marques e Pacheco há mais de 30 anos no mercado?
Saber Mais
Tudo o que precisa de saber sobre as portas em madeira
Portas em Madeira
Saber Mais
Madeira – um material que vale a pena restaurar
Saber Mais