Madeira – um material que vale a pena restaurar

Publicado em

A madeira é um material com propriedades únicas. Esta é basicamente composta por um conjunto de fibras que se agrupam entre elas. As suas particularidades e as diferenças nos diversos tipos de fibras prendem-se com a variação das funções a que estas se destinam: condução de líquidos, armazenamento e sustentação.

As madeiras são elementos com propriedades sensoriais, devido à sua cor, cheiro, textura, grã e até o próprio desenho. Este material tem um grande valor decorativo e ornamentativo.

Tipos de madeiras:

Geralmente, existem tipos de madeiras mais leves e madeiras mais robustas, pesadas e duras. Além das diferenças na sua composição, a principal diferença prende-se com a sua cor, sendo as mais leves em tons mais claros e as mais pesadas mais escuras.

Nas regiões predominantemente frias, existem as madeiras denominadas “madeiras brancas”.  A cor da madeira, propriamente dita, varia de acordo com vários fatores:

  • Humidade a que está exposta;
  • Exposição ao ar – a madeira torna-se tanto mais escura quanto mais exposta à oxidação das substâncias orgânicas contidas no material lenhoso;
  • Elevação da temperatura – quando a madeira é exposta à radiação solar;
  • Exposição a agentes externos – quando este material está em contacto com metais ou simplesmente por ação de microrganismos, como é o caso dos fungos e das bactérias.

Valor comercial da madeira:

A madeira é um material bastante utilizado há séculos e o seu valor comercial continua a ser uma constante, bem como a sua utilidade nas nossas vidas. Atualmente, este tipo de material tem vantagens quer a nível de decoração, na parte estética, que na produção de energia que nos permite passar inversos mais aconchegantes e confortáveis.

De forma a potenciar o seu valor comercial, é frequente proceder-se a inúmeras técnicas que permitem aumentar o seu valor:

  • Produção artificial de cores, por meio de tintas, descolorações, tratamentos com água e vapor entre outras técnicas;
  • Envelhecimento de madeiras recém-cortadas conferindo-lhes um aspeto mais maduro, através de uma técnica muito específica: tratamento de corrente contínua de ar quente carregado com ozónio. Este processo permite secar e envelhecer, simultaneamente, a madeira, de forma artificial.

Restauro de madeiras:

Atualmente, tem vindo a crescer a tendência de proceder à restauração e manutenção deste material. Esta crescente deve-se ao facto deste se tratar de um material de qualidade elevada, com uma duração elevada, quando mantido e tratado corretamente.

Para além deste elemento ser extremamente resistente, tem ainda um efeito intemporal de conforto e sensação de bem-estar, característica muito própria dos elementos feitos em madeira, visto que uma das suas principais características é exaltar e exacerbar os nossos sentidos.

Sempre que desejar restaurar e tratar uma madeira antiga, gasta mas de excelente qualidade, deve recorrer, sem exitar, a uma equipa de profissionais qualificados, que não só preservam o material, com ainda conseguem exaltar a sua beleza.

Tags: , , , ,


Quem leu este artigo também leu

Vantagens de optar por janelas em madeira
Vantagens de optar por janelas em madeira
Saber Mais
5 Dicas Profissionais para Restauro de Móveis
Saber Mais
Os 3 modelos de escadas em madeira mais famosos do mundo
escadas em madeira
Saber Mais